População

  • Posted on: 24 October 2018
  • By: claudio

O presente estudo refere-se aos partos atendidos na posição de cócoras, no período que se segue a 1975 até 1987, na cidade de Curitiba, lugar cosmopolita, com um milhão de habitantes. Não houve seleção prévia, e todos os casos fazem parte do atendimento normal da maternidade da Casa de Saúde Paciornik (Quadro 1).

A população atendida foi de 19.490 pacientes, a maior parte primigestas (Gráfico 1), com a idade mais frequente de 25 anos, sendo os limites 12 a 47.

 

A intenção de 64,3% dessas mulheres seria parir de cócoras, 18,2%  cesárea e 10,5% deitada (Gráfico 2).

A quase totalidade das pacientes era segurada do Instituto de Previdência Social, sendo que 81,9% delas ficaram em enfermarias, e 18,1% escolheram acomodação diferenciada. Todas haviam sido acompanhadas no pré-natal, por diferentes médicos.

Aproximadamente 70% das pacientes eram brancas (68,8%) e 16,7%, de cor amarela (Gráfico 3).

Dos grupos sanguíneos, A+ com 31,3% seguido do grupo O+ com 42,1% (Gráfico 4).