ACERVO DOS FILMES DE CLÁUDIO PACIORNIK

Português, Brasil

No fim dos anos 70, os filmes "Parto de Cócoras" (1979), "Índios do Sul do Brasil" (1979) e "Prevenção do Câncer Ginecológico" (1977) foram realizados pelo médico e cineasta Cláudio Paciornik. As obras integram um projeto de pesquisa e preservação de costumes indígenas referentes ao nascimento.

Exibidos em diversos festivais de cinema internacionais e levados a congressos de medicina, o conteúdo dos filmes tem forte caráter de resistência cultural, além de documentar o início de pesquisas que levaram a medicina tradicional a reconhecer tradições indígenas relativas ao parto como mais apropriadas para a mãe e para o bebê do que as práticas médicas utilizadas até então. Tais pesquisas são essenciais para a discussão e desenvolvimento do conceito de parto humanizado e tem como precursores, no Brasil e no mundo, o trabalho do médico curitibano Dr. Cláudio Paciornik.

Um dos diferenciais na disseminação das ideias veiculadas foi a apresentação pela linguagem cinematográfica.

O filme "Parto de Cócoras" por sua qualidade, impactou toda a comunidade científica que se ocupa do nascimento e suas implicações na formação do humano em médicos, psicólogos, antropólogos e outros tão importantes quanto.

Ganhou festivais e é usado até os dias de hoje na abertura de aulas sobre o nascimento em vários lugares do mundo, sendo considerado clássico, ponto de referência, mais de 35 anos depois de sua produção, mesmo com a entrada da imagem digital com sua facilidade e banalização.

No começo dos anos 2000, todo material relativo aos documentários foi entregue à Cinemateca de Curitiba: positivos e negativos dos filmes, além de fotografias, estas últimas encaminhadas à Casa da Memória - Setor de Documentação Audiovisual.

Não é só o caráter de preservação da cultura indígena paranaense que faz a urgência do restauro dessas imagens, o que por si só já justificaria sua necessidade, o que torna o material singular é o registro do início de uma pesquisa relevante para o aumento do bem-estar da população mundial que só foi possível quando os costumes de um povo, que teve sua cultura renegada, foram reconhecidos pela medicina ocidental hegemônica.

O filme "A Prevenção de Câncer Ginecológico nas 3 Fronteiras", que participou de festivais de cinema médico internacional, e o filme "Índios do Sul do Brasil", afora seu aspecto científico, documenta o trabalho realizado no Paraná e em Santa Catarina, em inúmeras comunidades, e nas reservas indígenas do Sul do Brasil na década de 1970.

Todas as campanhas de prevenção de câncer ginecológico realizada pela equipe de Moysés Paciornik, e o trabalho realizado por Cláudio Paciornik nas comunidades indígenas aí estão preservados em imagens para serem vistas e consultadas.

Seu valor como memória é inestimável. O acervo fotográfico é único.

Parto de Cócoras
Sinopse:
Direção:
Cláudio Paciornik
Formato: 35mm Digitalizado
Cor: Colorido Ano de Produção: 
Prevenção de Câncer Ginecológico

Hecho en la región de Foz de Iguaçu, Paraguai y Argentina Noviembre 1976

Índios do Sul do Brasil

Sinopse:
Direção:
Cláudio Paciornik
Formato: 16mm