CAPÍTULOS DO LIVRO

Postura Vertical

  • Posted on: 15 October 2018
  • By: claudio

A Yoga enfatiza a postura vertical com as pernas cruzadas em diferentes formas para otimizar a meditação.

O mesmo se dá na China; no Japão descansa-se também na posição ajoelhada (posição seiza).

No livro de poesia do sábio tibetano Milarepa, ele descreve a meditação que lhe foi incumbida por seu Mestre: de cócoras, ele aumentava seu calor vital (Tumô), derretendo a neve ao seu redor.

Nessas culturas, a expressão do nascer e do morrer tem seu espaço preservado e valorizado.

Existem entre nós hábitos e objetos indissociáveis do nosso cotidiano. Seu uso condiciona alterações físicas e de comportamento exponenciais.

Um é a luz elétrica; o outro, menos evidente, é a cadeira.

O uso da cadeira anula e relaxa a musculatura corporal, ao substituir o tônus muscular necessário para manter a postura ereta.

O assento da cadeira assume a função do diafragma horizontal, que é a musculatura perineal, composto pelo esfíncter vesical, perivaginal e pelo enfíngter anal. O encosto anula  o tônus abdominal e a musculatura dorsal.

Tudo isto, associado à vida sedentária, ao tipo de alimentação e às convenções socioculturais, traz como consequência imediata defeitos posturais, prolapsos dos órgãos pélvicos, hemorroidas e varizes, que se acentuam com o passar dos anos.

Eugène Atget - Corsets, Boulevard de Strasbourg, Paris, 1905.