CAPÍTULOS DO LIVRO

Coroamento do Períneo

  • Posted on: 25 September 2018
  • By: admin

Este é um parto nessa sala.

É seu primeiro filho. E nessa imagem está acontecendo o coroamento do períneo.


O períneo laceia, esse dilatar controlado evita que os tecidos se rompam. Se a pessoa, em vez de relaxar, tensionar e fizer força, acontecem as ruturas.

Neste caso, ninguém está fazendo nada e o nenê está saindo sozinho. Ele roda e cai de lado.

        

Ninguém faz absolutamente nada para ele fazer isso.

E qual a função desse rodar e cair de lado? Caso o trabalho de parto tenha sido prolongado ou difícil, e o nenê nasça cansado, com sua glicose baixa, ele tem de passar por um período de recuperação.

Se ficar com a barriga para cima, sua língua pode cair para trás, e suas reações estiverem diminuídas, ele pode sofrer uma asfixia. Na posição lateral, enquanto ele continua recebendo oxigênio da mãe, a preservação da passagem para a oxigenação aérea estará garantida.

O fato de a placenta ficar mais alta que o nenê, faz com que o sangue escoe em direção a ele. O nenê pode ser dado para a mãe, pois o cordão umbilical possui válvulas que impedem o retorno do sangue. O nenê nasce numa sala em cima de uma bolsa d'água aquecida, que cedem a seu peso. A ideia é de um colchão d'água que mantenha a sua temperatura.

O nenê nasce e não chora. Não porque tenha algum problema, mas sim porque está bem e seguro.