CAPÍTULOS DO LIVRO

Acelerando o Trabalho de Parto

  • Posted on: 25 September 2018
  • By: admin

Voltando à dilatação. Em alguns lugares ainda se preconiza que a mulher fique deitada durante esse período.

Porém, mesmo Mauriceau, obstetra que por volta de 1700 estimulou a posição no leito para o parto, recomendava que a paciente andasse o mais possível e se distraísse, justificando que o peso do nenê atuaria no colo uterino, acelerando o trabalho de parto.

De fato, o passear e o distrair-se aumentam a velocidade do trabalho de parto, não só pelo peso do nenê, mas também porque a eficiência do sistema uterino aumenta; as contrações uterinas são mais fortes e mais espaçadas. Ou seja, em dez minutos a mulher tem menor número de contrações que deitada, porém, com maior eficiência uterina.

O passear e o distrair-se, confiante em seu apoio, diminuem também a tensão nervosa da pessoa.

Ou seja, previnem o estresse.

Isto deve ser valorizado. Deve-se trabalhar não só com a mulher, o marido, a família; mas também, fundamental e principalmente, com o médico, a parteira, as auxiliares, todos os que estão ali, mesmo que pareçam que não estão participando. Isso é importante e às vezes nos esquecemos.